Ora então cá vou eu



Sinto-me bem!

A aula de ballet hoje correu bem, não extraordinariamente bem mas excepcionalmente bem. Tenho estado um pouco em baixo devido ao cansaço todo de AP e Matemática e o ballet em si. Tem sido tudo muito desgastante. Então, desde quarta-feira até hoje tenho tirado um «time off». Não tenho feito nada de nadinha, nem estudar nem nada. E fez-me muito bem. Hoje já estou a estudar psicologia e amanhã tenciono já pegar em matemática.

Mas pronto, de qualquer forma, dois diazinhos sem stress de estudo e nanana fez-me bem e hoje na aula senti-me diferente. Acho que deixei passar muito tempo desde a última vez em que dancei com vontade. Hoje sorri, ri até quando foi altura. Ah! E consegui observar construtivamente! Qual não foi o meu espanto quando dei comigo a pensar há quanto tempo não olhava para uma das minhas colegas e via o que elas tinham que me faltava. Reparei numa posição de braços absolutamente essencial que eu não estava a fazer! Ah, que nervos.

Vou tentar, pelo menos até ao exame, não ir mais vez nenhuma stressada, desconcentrada, sem vontade etc. Epah, bola para a frente, o que não é agora, há-de ser na próxima aula, assim é que não dá. E ponto final!...

...Parágrafo. Entretanto, hoje a minha colega C. puxou um bocadinho pelo meu professor e lá descobriu que a apresentação de final do ano lectivo vai ser..............tchan tchan tchan........... O Carnaval de Schumann! Com solos!! Yeih!!

Bom, mas agora vou arrumar o computador e vou estudar que isto não é tempo de brincadeira; é tempo de trabalhar para ir para a faculdade.

Então cá vou eu,
Cisne.

Comentários

LA disse…
Mas não querida, isso não é. Porque nós já estávamos juntos antes disso. A questão é que nenhum dos dois quer algo sério nem nenhum dos dois quer se apaixonar. O problema é que eu acho que ele se está a apaixonar, pelas atitudes que tem tido comigo e não o consegue assumir. E a forma como me olhou quando estava bebedo e me disse que gostava de mim foi verdadeira e isso sim é que me assusta :S
Beijinhoo *

Mensagens populares deste blogue

Demasiado