O poder da observação


Li isto e apercebi-me que tenho perdido o meu poder de observação e até, mais que isso, o gosto que tenho em observar o que me rodeia.

Para quem não quer perder tempo a ir ler, é basicamente um texto do dono do blog "Não compreendo as Mulheres", que fala sobre estar num supermercado e o que fazem as pessoas enquanto estão na fila, à espera para serem atendidas.

Depois de ler, fiz-me uma pergunta imediata: porque é que eu costumava observar as pessoas neste tipo de situação e deixei de o fazer?

De repente passei a estar quase 24horas por dia com música nos ouvidos e, com isto, parei de ouvir e prestar atenção a um monte de coisas de que costumava gostar: os barulhos da cidade, as cores da rua, os pormenores das acções que as pessoas tomam nela... Tanta coisa. De repente passei a ser só eu e a música, que dantes era um escape para um dia mau (daí que o meu mp3 tivesse sempre tanta música deprimente!!) e agora é uma constante para fugir ao que me rodeia, para me dar ritmo no caminhar até casa. Porquê?

O que a maior parte das pessoas se deve estar a perguntar ao ler isto é: porque é que isto de observar e escutar é uma coisa tão importante para mim?

Acho que começou na adolescência porque, feliz ou infelizmente, tive uma adolescência muito perturbada rebelde solitária conturbada. Passei muito tempo a questionar o mundo, a essência da vida e o porquê de tudo e mais alguma coisa... Enfim! Já passou!! Mas de facto eu utilizava as pessoas que me rodeavam como meio para perceber tudo isto e, se por um lado, na maior parte das vezes não me dava respostas, por outro traziam-me algum conforto; e isto sim, eu já não consigo explicar. E pronto, da adolescência até agora foi uma constante na minha vida, só o objectivo é que mudou: com a entrada na faculdade, o meu lado criativo foi cada vez mais provocado e eu retirava movimento de muitas acções que via na rua; do movimento mais simples ao mais complexo e até, na maior parte das vezes nem era ao próprio movimento. Às vezes é de alguma coisa móvel ou imóvel que eu vejo e que me leva a um qualquer pensamento que por sua vez me leva a movimento.

Tudo isto para dizer: Cisne, acorda para a vida!! :)


Cisne.

Comentários

Dinha'' disse…
Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Crianças Envelhecem"

http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
Atenciosamente Dinha.

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós