Karma


Sou péssima a avaliar pessoas. No início da minha licentiatura julguei muito mal uma rapariga da minha turma e fiz os possíveis para me afastar dela. Ela é agora uma grande amiga mas...karma!: ela vai embora no final do ano lectivo.

Haverá alguma explicação lógica para eu simplesmente não ter aquela amiga que toda as raparigas têm? Aquela que é sempre a primeira a que ligam quando alguma coisa horrível ou óptima aconteceu?


Cisne.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós