30 de junho de 2013

"Afterday"


E se eu partir do princípio que amanhã já estou bem só porque agora não estou? Porque ultimamente tem sido essa a lógica, tem sido dia sim dia não... E então? E o que se faz no dia não? Manda-se tudo à m***@, vai-se enterrar o corpo nos lençóis e no dia a seguir trabalha-se? Comigo tem sido assim... Mas não, não é assim que se faz. Trabalha-se já, continua-se em frente, como que a obrigar o coração a calar e a deixar a cabeça falar de vez em quando.

Vou trabalhar. Agora é para esquecer. Esta noite é minha, não é de mais ninguém.


Cisne.

P.S.- A música, de uma maneira que eu não compreendo, é exactamente como eu me sinto.

Sem comentários:

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...