12 de agosto de 2013

Não percebo nem nasci para isto


Estou...confusa. Não percebo os homens no geral. Não percebo os rapazes que passaram na minha vida nem percebo os homens que estão a passar por ela... Não percebo o que é que querem, principalmente. As minhas amigas e amigo riem-se imenso quando eu digo isto mas é assim tão difícil dizerem explícitamente o que querem?? Facilitavam-me muito a vida, eu era uma pessoa muito mais tranquila. Ao contrário, estou de férias no Algarve, sítio mais tranquilo nao há e ando aqui a bater com a cabeça nas paredes - quanto mais tento meter a cabeça em ordem mais ela fica desorganizada.

Lembro-me de me ter virado para um possível futuro namorado (já farta de encontros e desencontros) e encostá-lo à parede à frente de todos os amigos. Foi qualquer tão espetacular como "Olha, estou farta disto! Queres namorar ou não queres?" e ele suavemente, como num sussuro disse "Não". E eu descontraidamente "Ok!" e fui-me embora. E nunca mais pensei no assunto! 20 minutos a seguir estava a conhecer o meu futuro namorado. Moral da história: o mundo (ou só eu) era muito mais feliz se as pessoas fossem frontais e honestas, perdiamos todos muito menos tempo sem joguinhos para trás e para frente e indirectas e palavras que não chegam a ser ditas e fica a dúvida no ar... Argh! Não nasci para isto.

Cisne.

Sem comentários:

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...