Ter um amigo...

E este é ele, com as suas ideias sempre geniais :)

 
Esta sou eu a falar para ele, mas o que conta é a intenção :P



Ontem foi um dia que não parecia ir correr muito bem e acabou maravilhosamente bem.

Tive um trabalho em Lisboa para a gravação de um videoclip e correu muito bem. Foram todos uma sipatia e deu para desempenar o corpinho que estava já mal habituado às férias; entretanto hoje estou toda partida, como já esperava.

Como tudo terminou mais cedo do que esperava, fui para casa tomar um banho porque saí das gravações encharcada em suor e pó branco (as gravações foram numa capela antiga) e fui ter com um amigo da faculdade. Ri o resto da tarde toda, fiz jantarinho para os dois e fomos passear para o colombo. Espectáculo :)

E de repente senti-me com outro ânimo :) Os amigos fazem destas coisas fantásticas! Bela noite :) Se há pessoa que percebe as minhas manias e as minhas paranóias e sabe lidar com elas é o C. Haja alguém! O mais engraçado é que ele lida comigo sempre da mesma maneira: com terapia de choque. A ralhar e a dizer NÃO e NÃO. Enfim...lá que resulta, resulta.

...ter um amigo é ter a noção de que a minha vida sem ele vai ser sempre um bocadinho pior.


Cisne.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós