8 de setembro de 2013

Don't touch me


As cabras das palavras que ficam entaladas na garganta tendem a nunca sair. Porque é que não podemos dizer sempre o que queremos?

Cisne

Sem comentários:

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...