As palavras que talvez te direi #3

Queria escrever alguma coisa para ti. Alguma coisa bonita porque mereces coisas bonitas. Vamos ver se serve...

Tenho saudades tuas. Nem pensei que pudesse sentir tantas, às vezes és um chato com o teu péssimismo ou com as tuas más energias ou com o teu mau feitio que não se entende muito bem com o meu.

Já não está muito bonito pois não? É que eu acho que bonito não consigo... Porque sou bruta e muito imperfeita, um pouco também como tu, feia nas palavras porque a vida não se fala só em tons bonitos.

Queria que soubesses que fazes parte da minha vida. Pouco me importa se pouco ou muito. Se me fazes falta é porque fazes parte dela. E lembro-me muito bem de rirmos e falarmos à parva durante horas. E de partilharmos silêncios num jardim onde nunca estive antes, e de irmos à praia numa praia com a alegria de crianças a desenhar na areia as únicas três coisas que eu sei desenhar: a lua, o sol e um carro. Eu lembro-me muito bem de passarmos horas e horas junto ao Tejo, a rir, a falar, a olhar, a adormecer... Lembro-me de quase sermos assaltados, lembro-me de te rires da minha reação a seguir, lembro-me de ficares preocupado comigo mas sem mostrar para que eu ficasse melhor. Estou a sorrir agora a escrever isto, a lembrar-me de tudo. Eu sei que também te lembras e, mais importante que lembrar, sei que não te queres esquecer. Eu também não quero =)

Sei que às vezes não nos entendemos muito bem ou não nos entendemos de todo - vai sempre depender dos dias e dos humores... Mas é isso. É isso que é giro na nossa amizade. Eu nunca sei como vai ser, o que vai acontecer. Sinto falta disso. Contigo cada dia é uma descoberta e uma aventura. Sinto muita falta disso. Sinto muito a tua falta... Quero o meu amigo de volta e no entanto estou de partida...

Acho que nunca te disse que me lembro muitas vezes de ti quando estou a conduzir. Quase sempre, na verdade... Lembro-me dos teus conselhos dos teus "então tu não vês que estás muito perto?", "Alto, alto! Tá bom, bora" ou "faz isso faz...depois não digas que te avisei...armada em esperta". =)


Cisne

Comentários

O sonhador disse…
Nós somos diamantes em bruto, a work in progress =)
Para mim este texto está lindo. É raro o dia que não me preenches o pensamento, deste-me tanto para admirar =)
Cheguei a pensar que me conhecias melhor que eu próprio, quando me presenteavas não com coisas vulgares, mas apenas com aquilo exactamente que eu precisava, no momento em que precisava.
Dançar não é uma actividade, é uma maneira de viver, para mim dançavas a toda a hora e tu ensinaste-me a dançar. Por falar nisso, tenho saudades de dançar no Tejo!
Já não me importo de me sentir um forasteiro neste mundo, pelo menos não tanto, pois agora também sei que existem mulheres de outro mundo =)
E é verdade, estás de partida... Mas para algo espectacular, um novo capitulo.
Demorámos tempo a passar toda esta estupidez de não podermos estar perto um do outro, mas foi necessário para te deixar seguir o teu caminho. E percebi que não vale a pena tentar apagar os sentimentos porque eles vão estar sempre presentes, apenas tenho que aprender a aceitá-los, já que são uma coisa tão bonita.
Sempre que ando em escadas rolantes, pareço um doido a sorrir sozinho e bem me perguntam porque me rio e eu respondo "nada" porque nunca ninguém vai estar onde eu já estive, visto pelos meus olhos.

Mensagens populares deste blogue

Demasiado

Brand New