Do kizomba!


E é isto. Rendo-me à pior música de sempre porque dançá-la nunca é a mesma coisa que ouvi-la. E pronto. Dançar kizomba com aquele par de dança perfeito (que tive já a sorte de encontrar e não há muitos por aí) aquece-me sempre o coração.

Cisne

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Demasiado

Brand New