Adoro os "Até já" sinceros

Odeio despedidas mas adoro a maneira como algumas pessoas se despedem...

- Então Cisne, ouvi dizer que ias embora do teatro...?
- Vou sim, senhor António, tem que ser... Que pena, nem chegámos a dançar o nosso semba... Eu queria tanto aprender...
- Pois não... Dançamos um dia destes no futuro, filha!

Estas pessoas que se despedem com um «até já», enchem-me o coração. Quer pelo facto implícito de me quererem voltar a ver, quer pela esperança numa coisa tão pouco provável... Mas é bonito, eu gosto. E agora, sempre que me despeço de alguém que gosto, tento sempre pensar que, nas voltas que a vida dá, é mesmo possível reencontrar essa pessoa.



Cisne.

Comentários

Simple Girl disse…
Parece que dá mais força e mais coragem para seguir caminho, estou completamente de acordo contigo!
Diogo Mota disse…
Também gosto de pensar no "até já" ou "até um dia" mas por vezes é mesmo um "adeus" definitivo.
E gostei do blog, subscrevi.

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós