3 de maio de 2015

Saudade, vazio

Sem ti. E no desespero por conforto, penso em mil e uma maneiras de te pedir que voltes a aquecer a minha vida. Está tudo ainda cheio de ti por todo o lado, só tu já não estás. Não faz sentido.

Cisne

Sem comentários:

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...