Day 4 # 15 Jan


Fiquei sem bateria durante a noite e não tinha acesso a um carregador. Antes de me deitar, concentrei-me em avisar o meu corpo que não poderia adormecer e que teria de estar alerta pois não poderia acordar tarde. Seria absolutamente espectacular que ele me acordasse às 8h. Ele é tão espectacular que me deve ter acordado por volta dessa hora (avaliando pela luz)... Só que eu ignorei-o. Abri os olhos e pensei "Não é que acordei mesmo cedo?!" e tão depressa quanto isso voltei a fecha-los. Só voltei a acordar às 10h. Abri os olhos, pensei que não queria, fechei-os e pensei que não queria. Sem chorar. Sem pensar. Levantei-me em modo zombie, desci para o andar da cozinha para ver se chegava à realidade do planeta terra. Cheguei e foi terrível. Foi todo um dia terrorífico. Porquê? Por nada. Mas foi.

Fui dar aulas e senti-me uma rockstar. Fui lembrar algumas pessoas de que estou viva e bem-disposta. Fui dizer-lhes sem dizer "Não sei estar só triste. Ainda consigo sorrir e dizer piadas. Estás triste? É a minha vez de te animar."

Gosto de o fazer. De aproveitar quando não me sinto mal, isto é, quando me sinto normal, para mostrar às pessoas que a boa parte de mim ainda não se foi. Foi só enterrada viva acho eu. Acho que todas as noites quando me deito ela é enterrada e todos os dias eu ando a escavar.

Que eu continue a escavar. Que eu escave tão fundo, tão para além de me ter visto, que já não haja buraco para ela se esconder. Talvez a depressão more sempre comigo. Mas caraças, não pode ser 80% do meu dia.

Sempre fui muito feliz. Sempre tive um feitio difícil mas sempre me considerei uma pessoa bem-disposta, nunca fui de me queixar muito (reivindicar sim, que é diferente =) ). E agora não tenho vontade de viver. Não é que tenha vontade de morrer...Mas não tenho vontade de viver. Quem é que quer viver assim? Na luta constante de não estar triste e de tentar sentir-se feliz com o muito que sabe que tem? Quem é que quer acordar todos os dias a chorar? Quem é que quer acordar a pensar TENHO que sair da cama...em vez de DEVIA sair da cama...Quem é que à noite quer ter medo de ir dormir porque sabe que "logo a seguir" vai acordar e sentir tudo isto outra vez?



Hoje expliquei isto à minha mãe. E ela, como é natural, perguntou-me se eu tinha tido pensamentos suicidas. Respondi-lhe que não.

Eu não quero morrer. Eu só não quero viver...assim.


Cisne

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Demasiado