16 de fevereiro de 2016

Aquele momento

Aquele momento em que te apercebes que gostas tanto de alguém que te faz confusão pensar noutra pessoa. Como se não fizesse sentido, como se nem sequer fosse possível, a não ser num universo paralelo. Se este é um sentimento bonito, também é o sentimento que te faz morrer de medo de perder essa pessoa. Bom, não a ti. A mim. Que sempre meti a carroça à frente dos bois e passo mais tempo preocupada com o futuro que a viver o presente. 

Oh well...

Cisne 

2 comentários:

Melvin disse...

Oh, também sou um pouco assim e sim, é um sentimento bonito e de grande fidelidade, mesmo que seja aos teus próprios sentimentos. :)

Cisne disse...

Já estou mais descansada então ;)

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...