24 de setembro de 2016

Pensar ao contrário, ou seja, pensar melhor #1


Coisas (em) que melhorei:

Hoje apercebi-me que a minha patroa, sabendo que eu tinha horário disponível, contratou outra pessoa para dar as aulas de ballet ao grau mais avançado da academia (que eu também já dei). Em vez de ficar a remoer no assunto - será que é porque não fui boa o suficiente?? - aceitei que simplesmente foi assim que foi decidido. Que para lá da lógica, é porque só assim tinha que ser. Que ao não ter esta turma, estou mais disponível para outro tipo de trabalhos, não tenho de despender de tanto tempo a preparar as aulas, etc...

Cisne.

2 comentários:

Anónimo disse...

Gostei dessa perspectiva! Vou adotá-la...

Cisne disse...

Tem funcionado maravilhosamente para mim, apesar de ser um exercício difícil lembrar-me das coisas =)

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...