28 de fevereiro de 2018

Cubanas

Antes de ir para Nova Iorque, andei numa demanda por botas quentes e impermeáveis.
Tenho sempre os pés gelados e nunca tive umas botas que não me fizessem suar imenso e ficar com os pés molhados (logo, frios) ou que não deixassem passar água. Então lá fui eu.

Parei na Made In e a senhora perguntou "então e galochas?". Eu apressei-me logo a dizer "Não, que horror, acho isso tão feio, prefiro ter frio!".
Ora pois que a senhora era tão boa vendedora que me deu a volta e foi precisamente galochas que eu levei comigo para casa. E mimimi que eram feitas em portugal e não pareciam galochas e alta tecnologia térmica, impermeáveis e mimimi e... em menos de 2 segundos estava a passar o meu cartão.



Fui aldrabada. Ou melhor, não sei se fui aldrabada mas definitivamente as minhas Cubanas não me resolveram o problema. Continuo a ficar com os pés frios ou suados. Vá lá que água, realmente, não entrou. São muito bonitas sim senhora, mas gastei outra vez dinheiro em algo que, literalmente, não me aquece nem me arrefece. E no que toca à estética, sim, são bonitas, mas entretanto estragam-se e ficam marcadas com imensa facilidade. Já estou a ver que num instante vão parecer feias e gastas. Mas o que se há-de fazer?

Espero conseguir precaver alguém de cometer o mesmo erro que eu porque apesar de estarem em saldos não foram exactamente baratas.

Cisne

2 comentários:

Messy Jessy disse...

Eu tenho o mesmo problema que tu nos pés: estão sempre frios e suados, não consigo arranjar botas que me resolvam o problema :(

Cisne disse...

É uma porcaria =/

Abandono

Este blog foi ao abandono...E não admira. Está tal e qual como eu: abandonado. Desde que uma colega minha entrou de baixa e o meu t...