Tem sido difícil



 Quase te disse que queria acabar. Tenho sofrido. Não pelo suposto. Não com saudades, não com a tua ausência. Com falta de confiança, mal de que nunca até hoje padeci. Nao tenho ciúmes, acho que isso é que não está mesmo na minha natureza. Mas falta-me a confiança porque não te conheço. Porque te "deixo ir" não sei bem para onde, com não sei bem quem, fazer não sei bem o quê. E assim confiar que não só não te esqueces de mim enquanto estás lá mas principalmente que voltarás.


Não é fácil e eu disse-te que precisava de um pouco mais, precisava de alguém que pudesse conhecer, em quem pudesse confiar, a quem posso dizer o que penso quando penso e a ti tenho escondido muito - cá está, porque não confio em ti.

Mas não acabei. Disse que não sabia qual a solução para o meu problema pois não és tu que não me dás mais, é a relação, de ti eu gosto imenso. Disse-te que esta conversa era porque precisavas de saber o que estou há algumas semanas a esconder, escondo-te que me doi um bocadinho de cada vez que vais pois sei como doi ver como estás diferente de cada vez que voltas. Disse-te que não estava a ligar para acabar mas também não para continuar. Que isso não deveria ser uma decisão minha mas nossa. Disse-te que adoro estar contigo mas que não sei se compensa o que doi não te conhecer e achar que nunca vou conhecer. Nem tu a mim. Hoje perguntei-te o que fazias na próxima sexta-feira. Já a fazia pela 2ª vez, tu respondeste-me exactamente o mesmo e não percebeste que estava à espera do «porquê?» para subtilmente te convidar para ver a minha apresentação de repertório. Não sou capaz de pedir de outra forma porque a verdade é que não quero parecer vaidoso ou de que é uma coisa muito importante para mim. Mas é. É a minha vida, quero que faças parte dela, quero que me vejas a fazer aquilo em que sou boa e não só a errar em contas, a gerir uma AE... Enfim...

Mas não, não vejo solução... Se calhar está na hora de desistir... Se calhar não foi feito para resultar, mas para conhecermos duas pessoas maravilhosas que entraram por acaso na vida uma da outra. Se calhar... O que me dizes?


Cisne

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós