É mais do que carpe diem, porque tem de durar mais que isso...



...tem de ficar dentro de nós.

Perguntaram-me hoje qual foi o conselho mais precioso que já me deram e porquê. Tive de pensar um pouco. Primeiro achava que tinha sido o de há muitos anos "pena primeiro e fala depois" e é muito útil!! A cena é que o rai's parta do conselho ainda não entrou portanto acho que não se qualifica...

Então lembrei-me do «Só por hoje»
"Só por hoje vou ficar bem e contrariar o espírito", "Só por hoje vou manter-me tranquila", "Só por hoje vou ignorar comentários parvos", "Só por hoje vou sorrir em vez de gritar", "Só por hoje vou respirar fundo".

E se não der, paciência, não deu. O dia seguinte é um novo dia, tenta-se outra vez: Só por hoje. Só por um dia, vou passar sem achaques, sem tumultos, sem levantar a voz, sem batimentos esquisitos, sem irregularidades. Só por hoje, vou respirar o ar que está ao meu dispor. Só por hoje vou dar um desconto a tudo o que se passa à minha volta.
Porque não? Ação gera ação, um infinito é maior e menor que outro, um tão pequeno toque na água faz círculos cada vez maiores...

E se a vida acabasse mesmo amanhã? Não gostariam de viver a vossa vida mais em paz com vocês mesmos? Esqueçam os outros. Porque o que falta é paz interior - encontram-na a ela e terão toda a paciência para ajudar outros a encontrá-la também...só por hoje.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Demasiado