2014, I just want to tell you this: you broke my world, made me stronger, Thank you.



Tinha que vir o típico texto.... Aguentem-se! :)

2014 foi caóticamente fantástico. Como a maior parte dos meus anos. Comecei dois mil e catorze com um namorado fresquinho que estava prontíssima para abandonar brevemente...

 - Ainda estamos juntos

Fui para Barcelona cheia de medos. De perder a pessoa com quem estava, de não gostar do curso lá, das pessoas, dos meus colegas de casa, das saudades...
- Sim, perdi lá a pessoa com quem estava mas ganhei um namorado, a mesma pessoa tornou-se, de facto, no meu namorado. E absolutamente adorei a experiência Erasmus e tudo o que a envolveu, antes, durante e após. O que eu ganhei foi tão mais do que perdi :)

Durante o tempo fora de Portugal, uma ânsia exaustiva de acabar o curso e não ter trabalho, a par de voltar e de já não ter os meus amigos à minha espera.
- Comecei a trabalhar uma semana após o regresso e os meus amigos...adivinhem? No mesmo sítio =)

No trabalho de Verão todo um caos instalado, muita ansiedade, muito medo de não estar à altura do desafio.
- Foi a melhor oportunidade que tive na minha vida depois de Erasmus. Conheci pessoas fascinantes, desde professores a alunos, funcionários, a pessoas da aldeia onde dava aulas. Impressionante o quanto aprendi e ensinei em um mês e meio.

«E agora, meu Deus, que só estou a dar aulas, como é que vou arranjar mais trabalho??»
- Proposta de trabalho aparece, a ganhar bem embora a trabalhar muito. Estou actualmente a trabalhar num teatro em Lisboa.

Um stress danado para acabar o curso. E «não vou conseguir...», e «só tenho azar nesta vida!», e «vou precisar de um milagre!!», e «mas porque é que só isto é que me acontece a mim???». Foi todo um crescendo de desespero desde Setembro a Dezembro.
- Estou licenciada. A muito custo, verdade, verdadinha, que o meu professor fez-me a vida negra e disse tudo o que podia e até o que NÃO podia mesmo ter dito, para me deitar a baixo. Mas cá estou :))

Se houve coisas más? Sim, claro que sim. E tantas credo... Então para o final do ano parece que tudo aconteceu. A saúde atacou no início do ano e a família desde o meio até ao fim. Mas não faz mal. Porque 2015 vem aí. E se vier num balanço tão positivo como o de 2014 óptimo. Se vier com um balanço mais equilibrado, também está bom (que a malta também anda a precisar de descansar um 'cadito). Mas que não venha negativo, vá. Que isso não tinha piada nenhuma. Eu sou a sortuda da família, há que manter o status!


Cisne.

P.S.- Senti, não me perguntem porquê, que devia escrever aqui o nome de todos as pessoas importantes do meu 2014, como que um obrigada por todas as coisas boas e más pelas quais me fizeram passar, porque todas elas que me fizeram crescer e ser a pessoa que sou hoje, uma pessoa de que gosto e sei apreciar:

Fátima
Rosa
Diana
Pedro
Luís
Francisco
José
João
Victor
Nuno
Simon
Santiago
Leonor
Natasha
Carolina
Gonçalo
Margarida
Lucas
Catarina
Can Berck
Monika
Raquel
Eevi
Ece
Jesus
Daniela
Anna
Alex
Igor
Maria
Marta
Michael
Maria
Filipa
Miguel
Melody
Bárbara
Amélia
Bárbara
Inês


E que a lista se mantenha em parte! (principalmente a parte boa!!)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Demasiado