11 de fevereiro de 2015

Dúvidas existenciais, certezas incondicionais

Não sei porque é que quando tenho uma relação estável quero sair dela.
Não sei porque é que não tenho amigos...ou um só.
Duvido da existência de Deus.
Não sei quão grande é o Universo.
Não tenho a certeza se acredito em karma.
Não sei se Putin é bom ou mau.
Não percebo porque é que as pessoas têm uma má primeira impressão de mim.
Não sei qual é o meu valor.
Não sei porque é que tenho de ter sempre razão.
Qual é o meu papel na terra?
Não sei quem eu sou.
E quando danço não obtenho resposta a nenhuma destas coisas.



Mas sei que quando danço, nenhuma delas importa.


Cisne

Sem comentários:

"Acho que isto não vai resultar"

Este é o pensamento que me ocorre todos os dias, acerca do mesmo assunto, por variadas razões. Ou é pela minha irmã, ou pelo meu pai, ou...