A minha variação preferida

"Variação de Esmeralda" do bailado La Esmeralda (inspirado na história do Corcunda de Notre Dame)


A maior parte das bailarinas batem a pandeireta com a mão direita no pé direito. Esta jovem de 17 anos achou que isso era para meninas e toca de bater com a mão esquerda para ficar um bocadinho mais longe do pé. Com estas coisas a gente até se esquece da instabilidade nas pirrouettes...

Eu sei que a maior parte das pessoas que me lê não quer saber de ballet/dança para nada. Aliás, volta e meia pergunto-me sobre o que é que gostam realmente de ler ou o que os cativa mais a vir aqui parar...fico sem resposta...Um dia destes faço um inquérito! Não que vá parar de escrever sobre o que me apetece na mesma, mas sempre se fazia a vontade a toda a gente. Bom! Adiante que já me desviei! Esta é de facto a minha variação preferida de ballet clássico. Porquê? É exuberante e enérgica e precisa que uma intérprete fortíssima, muito mais a nível interpretativo que técnico (embora a nível técnico tenha muito que se lhe diga!!). Mas ou seja: se estiver lá tudo a nível técnico e falhar a interpretação...nhé...não é uma variação nada interessante.

Esmeralda é uma personagem forte, convicta, segura, que gosta de mostrar, de controlar, de ter a atenção para si. Sempre gostei muito desse tipo de personagens fortes =)

Cisne

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Demasiado