Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2015

Divertida-Mente!

Imagem
Eu sei que já vou bem atrasada. Mas só no Natal vi este filme! A-do-rei! Chorei que me esfarrapei e ri também! Recomendo vivamente! Está super bem feito e bem pensado, gostei mesmo!
Cisne

Resoluções de Ano Novo

Perder os meus medos e inseguranças (vamos dar validade superior a um ano para esta, combinado? =))Viver no presente em vez de no futuro e no passadoRecuperar a coragem e força que perdi não sei ondeConseguir manter relações saudáveis e tranquilas
Uma lista curta mas ambiciosa.
Cisne

O que não tenho dito nem escrito. Cá vai...

Imagem
Não tenho vindo escrever aqui. Venho muitas vezes, pouso as mãos no teclado e não consigo escrever nada. Pelo menos nada que importe. Deixei passar os meus anos, os anos da minha irmã, da minha tia, o Natal... A passagem de ano vai pelo mesmo caminho. Têm acontecido muitas coisas mas simplesmente não consigo escrever. Começo logo a chorar, principalmente quando tento falar do que sinto.
Não gosto de ser quem eu sou agora. Já há algum tempo que a minha definição de estar feliz é a fazer o que quer que seja para ser feliz. É como se a tentativa de o ser é por si só sê-lo. Eu gosto dessa definição e faz sentido viver a minha vida assim. Só que eu não tenho vivido e muito menos assim. Tenho ficado debaixo dos lençóis muitas horas. Na maior parte das horas a dormir, e na restante a lutar para sair.
Tenho os tornozelos inchados: o meu livro diz que estou a bloquear os meus pensamentos e que não aceito que mereço ser feliz e aproveitar tudo o que a vida me dá. Só de escrever isto fico lavada e…

Tempo

Imagem
Acho que vou fazer uma peça sobre o tempo. Já comecei a experimentar algumas coisas e estou a gostar do resultado. Falta-me a pesquisa, tenho de me afincar nisso. Tempo é vago, eu sei. Mas para já quero começar assim e vou selecionando. Agrada-me muito o conceito de tempo futuro. Ou seja, de como consideramos o tempo que ainda está para vir. A ver...

Cisne

Passou à história!!!!!!

Imagem
Ufa! Caraças! Que eu já não podia!

Este post vem bem atrasado mas vem actualizado. Desde Abril de 2015 (ora portanto desde há 7 meses para cá, até início de Dezembro), que todo o santo dia a Cisne tinha o seu momento passivo-agressiva. Cá vai a confissão:

Estive durante7 MESES, TODOS os dias, a escrever mensagens no facebook ao meu ex-namorado.
Eu sei que é muito deprimente, eu sei que é coisa de gente desequilibrada, eu sei, eu sei, eu sei... Mas eu fiz ok? E fazia-me sentir bem. Eu escrevia o que lhe queria dizer e apagava logo a seguir.

No início eram longos textos a falar de tudo e de nada, das saudades, do amor, do diabo a sete; até de que estava arrependida e queria voltar atrás no tempo, porque não estava preparada para ter terminado o namoro (crazy, right?). Mas isso foi só no primeiro mês e no primeiro acho que nem escrevi todos os dias...

Depois começaram a ser coisas mais banais... Um simples "tenho saudades..." ou "olá..." ou "como estás?". Para o …

?

Quero ser mais e melhor! Como é que isso se faz? Por onde começo?

Hoje conto mais um

Imagem
Desde há dois anos atrás que decidi não planear o meu aniversário. Podem ler sobre isso aqui mas foi basicamente porque planeei o meu aniversário ao pormenor e saiu tudo furado, fiquei muito triste. Desde então que não faço planos e escrevo-o aqui precisamente para me lembrar de não ceder à pressão de o fazer.
O ano passado foi espectacular. Passei a trabalhar a trabalhar no teatro, há meia noite cantaram-me os parabéns em cima do palco com o público todo a aplaudir, foi qualquer coisa. A seguir comemorei a meia noite com o meu patrão que faz anos no mesmo dia que eu e por acaso estávamos na mesma parte da cidade à mesma hora, ambos sem planos. O dia em si foi novamente no teatro e à noite com o namorado. Foi espectacular.
Este ano, com a memória bem fresca, não planeei nada. Acabam de sair da minha casa os grandes pilares da minha vida: a minha mãe e a minha tia, que vieram comemorar a meia noite comigo. E amanhã...não sei. Não planeei nada. É um dia como os outros e, se for um dia com…

Pensem comigo

Imagem
Viveram toda a vossa vida a dançar. Dos 5 aos 21 tudo foi feito a dançar, por entre alegrias e tristezas. C'um caraças, foi quase um casamento, na saúde e na doença. E ao chegar aos 22 questionam-se: quem sou eu se não dançar?
Puzzled, right? Ya, estou aí agora. Qualquer ajudinha que queiram dar à bailarina é bem recebido, tá?
Beijinhos à prima! Cisne

2 to go...

Imagem
O que será que quer dizer quando 2 ex-namorados nossos já estão a viver em união de facto e 1 vai casar? ...Com a menina que veio A SEGUIR a nós?
Respostas optimistas, está bem? Vá, portem-se bem :)

Cisne

A pancada dos vestidos de noiva

Imagem
Ui. Uma tão grande! Eu e a minha irmã somos absolutos opostos mas nisto somos idênticas: não queremos casar, mas casávamos só para usarmos o belo do vestido!! Pois bem, se eu me casasse, era num assim mais ou menos como estes...




Jinhos à prima da forever alone ^_^
Cisne

Um balanço

Imagem
Está a chegar ao final do ano e eu, como sou com tudo como sou com o Natal (é quando o Homem quiser), vou já fazer o balanço de 2015. Se entretanto houver alguma coisa a dizer há-de ser dita! Mas duvido, sou muito preguiçosa para me dar a esse trabalho.
Ora bem: foi um ano espectacular! Um bocadinho menos espectacular que o anterior mas mesmo assim foi bom.
Terminei um namoro de um ano e meio - e sabe Deus se isto foi bom ou não. Parei de dançar em Abril, desde então que só coreografo ou dou aulas. Desde Setembro que parei de trabalhar que nem uma desalmada - ganho o mesmo mas trabalho muito menos; o que para umas pessoas seria um sonho, para mim é só desesperante tanto tempo livre... Conheci um amigo. Um bom amigo. Um excelente amigo. Um amigo que mudou a minha vida para melhor, para uma vida mais tranquila e cada vez mais cheia de mim. Reconheci amigos. Na medida em que transformei o meu conceito de amizade (para um que me é bem mais útil e muito menos sufocante) e como quem não quer …