Aquele momento...

...em que tu dizes: fogo, que dia de caos, tudo aconteceu!  Eish mas sobrevivi! Respirei fundo, geri tudo bem, nunca entrei em pânico apesar de tanto trabalho... Mas quando tudo parece ter acabado ups...
O namorado preparou um teste a ver como estava a minha confiança. Ok, respira fundo, bora tu és capaz e....pumbas! Consegui sobrevivi outra vez. Já estás a mandar mensagem à terapeuta e à mãe a dizer que estás maravilhosa, praticamente curada quando....... O namorado faz assim um reviver o passado de briga não muito fixe. E enquanto estão a discutir e passam mais tempo a dizer "podes ouvir.me?" em vez de dizer realmente alguma coisa tu pensas: c***** estava tão perto de chegar são e salva ao fim do dia!!!! Ok, respiras fundo, deixas que o silêncio te diga o que dizer e falas com todo o amor que tens. Tiras o nó todo ao mal entendido e dizes: eu percebo que estejas zangado. E eu aceito que agora precises de ficar zangado com uma coisa que nenhum de nós teve a culpa, mas eu passei o dia todo à espera deste momento - o momento em que diria "Eu adoro-te!  Tenho tantas saudades tuas!" e portanto quero dize.lo. Tu podes por vezes ser egoísta e eu hipócrita, eu insegura e tu sarcástico mas entre nós eu só vejo amor. O resto veio de nós. Tem de ser resolvido aqui estou para isso. Mas enquanto eu vir esse amor entre nós, eu quero estar aqui e esperar pelo momento de conversarmos.

Desligas o telemóvel e pensas: BADASS!!! ! Consegui!!! 

Agora vou deitar-me antes que me apareça uma barata na almofada (a esta eu não ia mesmo sobreviver...)

Cisne 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós