Os caminhos da nossa viagem - Texto Reflexão

Ora aqui está um pequeno texto reflexão que tive de fazer para a disciplina de Português. Os erros que tive, respectivas correcções e demais enganos (ou seja, rasuras) vou apontando no próprio texto a (itálico) ou então mesmo (rasurado) mas de resto é autêntico. Espero que gostem.


A viagem é essencial para a descoberta do outro e de si mesmo. E aqui se dá a diferenciação entre a viagem exterior, isto é, geográfica, e viagem interior, ou seja, espiritual.


Numa primeira situação de viagem exterior, vamos sempre de encontro ao desconhecido, (É que) independentemente do número de vezes em que já estivemos em tal lugar. Há sempre (inúmeras) diversas experiências para serem (vividas) vivênciadas (sim, eu sei, que correcção mais estúpida...), e é ao passar por elas que, não só nos moldamos como pessoas, como também estamos a conhecer «o outro», o que nos rodeia. (e, por vezes, até ambos em simultâneo) (claro que são em simultâneo!!)


Uma viagem geográfica proporciona (sempre) o encontro com novas culturas, outras pessoas; (e ao contrário) leva a que tenhamos de nos tornar mais autónomos e tolerantes, leva-nos a crescer. E, claro, como crescemos, como nos vamos moldando ao longo das nossas viagens, vamo-nos conhecendo melhor. Houve, aliás, muitos autores fascinados por viagens (quer interiores ou exteriores), como Luís de Camões, Miguel Sousa Tavares, Fernão Pinto, Júlio Verne, José Rodrigues dos Santos, entre outros.


Já numa viagem interior estamos, essencialmente, a reservar tempo para nós mesmo e para nos conhecermos melhor. Por vezes podemos utilizar esta (viagem espiritual, esta) abstracção momentânea à vida real como fuga aos problemas, como o impressionista Cesário Verde, muitas vezes fez, na sua poesia. Podemos ainda, com a ajuda da reflexão na viagem espiritual, aperfeiçoar-nos como seres humanos, apercebermo-nos de nós mesmos. (Como )


Então, como Marcel Proust diria: "A veraddeira viagem do descobrimento não consiste em procurar novas paisagens, mas em ver com novos olhos". A vida, como viagem, é valiosa.




Charannn!,
Cisne.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Da falta de coragem que descobri que tenho

O pós