Na minha cabeça tudo é tenebroso

Segunda-feira passa e o mundo já não parece tão tenebroso. Esta noite vou fazer jantar e trabalhar. Passei só mesmo para dizer que me apercebo do quão dramática fica a minha cabeça em situações como a de ontem, eu deixo de ter a razão suficiente para ver que o meu problema é do tamanho do copo de água onde eu estou a fazer a tempestade...

Enfim... Mas depois tenho amigos que me levantam sem perguntar se eu quero ou não, se consigo ou não, assumindo que eu não tenho escolha. Que estão sempre lá e que eu tenho muito medo de perder por serem tão importantes para mim.

Imagino muitas vezes a sensação que deve ser depois de regressar de Erasmus. Abraçar a família, toda, os amigos... quem sabe o namorado... Enfim, acho que esse momento da chegada deve compensar toda a ausência. Será? Bem, não importa. Quando fico triste por pensar em partir, penso na chegada... Curiosamente resulta :)


Cisne

Comentários

Sue disse…
Ás vezes é preciso deixar arrefecer a cabeça para ver as coisas do tamanho que realmente são ;)

Mensagens populares deste blogue

Demasiado