Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2015

Desafio - pensa rápido :)

Este vem da Greenland...
Sou muito distraída Não suporto uma casa suja Já me zanguei com o meu pai Quando era criança estava sempre doente Neste exato momento estou a comer porcarias que não devia Morro de medo de ser mãe Sempre gostei de fazer aquilo que não posso/não sei/não consigo Se eu pudesse ser feliz... Adoro o pôr do sol (e sol no geral...) Não gosto de estar triste Fico feliz quando vejo alguém feliz Se pudesse voltar no tempo não envergonhava um colega meu de turma no 7º ano. Quero viajar até morrer Eu preciso de paz de espírito.
Passo este desafio a todos os que por aqui passam e quiserem responder, façam favor =)
Cisne

Das férias. Férias mas mesmo férias, daquelas mesmo bouas...férias

Imagem

Reviver o passado em 3 minutos

O ano passado por esta altura estava nisto: http://devaneiosdabailarina.blogspot.pt/2014/09/o-que-ha-de-novo.html
Curioso, como me lembro de cada pormenor desses dias. Do jantar horrendo, da ida, da operação, do pós-operatório, dos cheiros, das pessoas, do que me disseram, do que ficou por dizer... Hoje as cicatrizes mal se notam mas a recordação da pessoa que esteve lá do início ao fim, aturando a minha frustração de não me conseguir mexer e pedir ajuda para tudo, não esqueço nunca. Obrigada P. Tenho saudades tuas. Às vezes são demasiadas =')

Cisne

O soldado e a bailarina

Imagem
Não sei bem o que é. É uma coisa nova e tranquila. É uma pessoa que me acompanha, que me trata bem e não me pressiona. Não é nada de especial. Se algum dia for, será. E se não for nada então estarei feliz na mesma, qual história da bailarina*...

* era uma vez um soldado que era feliz. E um dia encontrou uma bailarina que preenchia a sua vida apesar de ele já ser feliz. Com o tempo gostaram muito um do outro e a bailarina passou a fazer parte da sua vida. Um dia a bailarina já não quer namorar com o soldado e vai embora. Então o amigo do soldado pergunta.lhe como pode ele estar tão tranquilo e bem agora que a bailarina foi embora. Ao que ele responde "eu já era feliz antes de ela chegar à minha vida, porque deixarei de o ser agora que ela se foi?"

Cisne

Não gosto de ter má memória...

Imagem
...mas há que admitir que para algumas coisas dá um bom jeito!


 Quando me contam segredos e me pedem segredo, seguríssimo que o guardo porque, em princípio, vou-me esquecer do que me contaram!
Sempre que vejo uma coisa bonita pela primeira vez, passa um tempo sem que a veja. Quando a volto a ver é sempre tão bonita como da primeira vez porque entretanto me esqueci de como era. Com as estrelas cadentes é tiro e queda!
O cheiro das pessoas. Posso lembrar-me que gosto ou não gosto mas não tenho uma memória física do cheiro. Então quando o sinto é uma sensação de recordação e familiaridade que gosto muito de ter.
Quando outra pessoa ou eu faço, digo, ou penso qualquer coisa que não gostei. Um dia ou dois e puff.
Nas discussões pode ser um grande contra não ter argumentações do passado mas eu prefiro assim. Significa que o que passou passou. Sem mágoas nem rancores.
Cisne

Esta pessoa

Imagem
Escrevi a 10 de Setembro há dois anos atrás e não publiquei...
"Esta pessoa é diferente, é estranha. Parece ter muitos defeitos mas é impossível dizer quantos e quais - é ainda muito cedo para juízos de valor. Mas esta pessoa olha para mim e vê-me. Fala-me com os olhos e estou convencida de que é por isso que reina o silêncio quando estamos juntos. Esta pessoa tem um sorriso maravilhoso, destrói qualquer argumento meu, é impressionante, paro de pensar racionalmente.
Esta pessoa noutro dia disse-me: "Desculpa, sou demasiado racional". Ao que eu respondi: "Desculpa-me por querer mudar um defeito que também é meu".
Esta pessoa não tem sonhos, da vida futura tem uma névoa de que não consegue descortinar objectivo.
Mas esta pessoa faz-me tão feliz :) :) "
Os nossos amores e desamores são preciosos, são muito bonitos, cada um à sua maneira muito única. Recordo este com doçura e, ao reler o que escrevi já há dois anos, lembro-me precisamente do sentimento que me acom…

Desafio dos 30 Dias #16 (em rascunho, esquecido)

Imagem
Dia 16 - Uma imagem que retrate o que fazes nos teus tempos livres

Eu faço muitas coisas nos meus tempos livres mas achei que era muito mais interessante a nível público se eu dissesse que uma delas é ver vestidos de noiva. Até aqui tudo bem se eu estivesse noiva ou tivesse um namoro de longa data...Hummm...Noup. Sou só uma rapariga de 21 anos que não acredita em casamento mas que gosta muito dos vestidos!

Cisne

Fui despedida

Imagem
Nunca esperamos que aconteça, a verdade é essa. Fazemos o nosso trabalho o melhor que sabemos, podemos e conseguimos. Eu pelo menos... Temos consciência das nossas fraquezas e pontos fortes, trabalhamos os fracos e humildemente mostramos os fortes. Na terça-feira, no meu primeiro dia de trabalho num colégio a dar aulas de ballet a meninos dos 3 aos 6 anos, aparentemente não fui boa o suficiente para a pessoa que me avaliou.
Custa um bocadinho mas passa. Há que aprender com a experiência. Perceber porque é que aconteceu e o que posso retirar disso. O que posso melhorar, o que de facto foi dito só com a malícia de desvalorizar o meu trabalho, tratando-me como ninguém devia ser tratado. Tenho noção das minhas capacidades e, felizmente, este não foi o meu primeiro trabalho.
Factos: Já dou aulas a crianças (jovens e adultos também) há 3 anos e sempre gostaram do meu trabalho. Já levei inúmeras crianças a exame da RAD (Royal Academy of Dance), miutos graus diferentes e quase nenhuma teve meno…

Pronto, passei :)

Imagem
É  verdade, sim senhora. Aproxima-se a uma velocidade estonteante uma das fases da minha vida que promete ser daquelas que me vira a vida ao contrário. Entrei na Escola Profissional de Teatro Musical de Lisboa e agora seja o que Deus quiser. Estou entusiasmada e cansada só de pensar =) Nem sei como cheguei até aqui. Tudo começou com uma ideia tão ténue... "Porque não?". E o «porque não?» em três dias de férias a falar com toda a gente e mais alguma que fosse do meio, tornou-se num grande sim e numa ficha de inscrição.
Cá estou. Desejem-me sorte =)
Cisne

Vai molhar os pés

- Então vá, vai lá molhar os pés
...
[Pausa]
- Mas como é que tu sabias que eu quero ir molhar os pés? Nem eu sabia...


Amizade tem destes momentos cheios de doce. Que bom...

Cisne
Amanhã é um dia grande. Vou fazer uma audição. Não seria coisa para ficar nervosa não fosse a audição em três vertentes:teatro dança e canto. M.e.d.o.

A ver como vai. Depois venho cá contar. A este ritmo venho cá daqui a 15 dias...


Jinhos à prima,
Cisne

Escolhas, confiar no instinto

Imagem

Fix you

Imagem
Não tenho tido tempo para nada. Estou a rebentar de trabalho, responsabilidades e amigos. Sim, de amigos! A verdade é que desde que aceitei mudar o meu conceito de «amizade» que me têm calhado amigos aos molhos. Tem o ponto muito positivo de poder sempre contar com alguém e não ter de estar sozinha quando não me apetece, etc... mas tem o enorme contra de ter a minha vida social virada do avesso, o que por sua vez afecta a profissional! Enfim, I'll figure it out!! Entretanto, pelo caminho, eu com as pessoas ou as pessoas comigo vamos aprendendo umas coisas... Cá fica a da última semana...
Cisne
Pronto, então vamos fazer assim: de cada vez que tu não me ligares nenhuma e depois te lembrares que eu existo, eu também te ignoro e nem respondo ao convite para o café. Parece-te bem? Quero ver como te sentes!

@$/@&*#;@/&@! Quero um cão. Esse fica sempre feliz por me ver.


Cisne

Coisas que eu não gosto...

Que me digam que não têm tempo para mim e depois vejo fotos com outras pessoas no facebook.
Conhecer alguém muito parecido comigo.
Que digam que amuo. EU não amuo. Não mesmo. Amuar, prender o burro, seja o que for, é estúpido. Não conversar é mais estúpido que discutir. Portanto desculpem eu não amuo. Posso ficar sem saber o que dizer mas não amuo...

Pimentos recheados

Imagem
Ontem adormeci eram cerca de 5 da manhã e hoje às 10 e meia da matina já estava eu na academia onde dou aulas para uma reunião. Saí de lá um pouco zangada por não concordar com algumas coisas que foram ditas e fui logo para casa. Aparentemente estar zangada inspira-me porque me meti logo a traquinar. Primeiro o almocinho - experimentei uma receita nova, muito simples e rápida, de pimentos recheados -, depois fui ao meu projecto de já longa data de arrumar o armário dos tupper wares, depois foi a eito a cozinha, mudei tudo de lugar na sala e fui estender a roupa. E agora que parei um bocadinho antes de ir dar aula (tenho de sair daqui a 10min) estou muito arrependida de não ter parado quieta e de não ter dormido a sesta. Estou com uma pedrada que nem posso.
No entanto, como diz a minha tia, «não há cabra nenhuma que não tenha sorte»: ligaram-me agora da academia a dizer que não vou ter alunos suficientes e portanto hoje só vou dar uma aulinha e já está. Quer-se melhor que isto?
E a segui…

Estou a recuperar a minha vida!

Imagem
Finalmente, depois de quase dois anos, volto a sentir o que já não sentia desde há quase dois anos atrás.
Senti SÓ um nervoso miudinho, SÓ uma insegurança, SÓ um desconforto perante uma situação nova.
Passou tanto tempo desde que me senti uma pessoa "normal" e que lida com os seus problemas saudavelmente, que eu já começava a acreditar que a memória que eu criei de mim mesma era uma utopia, era já a minha imaginação a exagerar... Que bom verificar que não! Voltar a sentir aquela sensação de felicidade, mesmo quando o dia corre mal (e olha que o de hoje puxou bem por mim!)...
Possa. Que alívio, gente. Sou eu outra vez =) E agora estou cheia de vontade de me descobrir! Cheia de vontade de "me enfrentar" e de me desafiar. Estou mais forte :) Mais segura e confiante. Um Eu evoluído. Boa =) Gosto disto =)

Cisne

Dia 2 de Setembro

Imagem
O dia de aproveitar o bocadinho =)
Cisne

Dia 1 de Setembro

Imagem
O dia do primeiro bocadinho =)
Cisne