17 de setembro de 2018

"Acho que isto não vai resultar"


Este é o pensamento que me ocorre todos os dias, acerca do mesmo assunto, por variadas razões. Ou é pela minha irmã, ou pelo meu pai, ou por mim, ou pelo ambiente, ou pelo horário, ou porque eu não percebo nada de nada, ou porque me sinto inútil... Querem razões eu dou.

Este trabalho no sector automóvel...é bem provável que não tenha sido feito para bailarinas a passar por uma crise de identidade. Ou então foi feito precisamente para isso - para elas se deixarem de merdas.

Este pensamento tenho-o mantido cá dentro, bem guardadinho, numa de "deixa cá ver se consigo ser optimista em relação a isto e parar de me queixar tanto...". Pois. Esta é a terceira semana de trabalho e optimismo não descreve lá muito bem aquilo que eu estou a sentir. Mas é prosseguir, verdade? Não me parece que tenha outra alternativa. Para este ano foi a vida que escolhi.

Pela enésima vez: God help. (Este ano estou a precisar de muita ajuda...)

Cisne

Sem comentários:

Chico-espertice

Coisas que precisam de saber sobre esta história: 1. Eu odeio o meu suporte das escovas da casa-de-banho 2. O feitiço vira-se con...