A caminho de onde for


O coração diz que vou perdendo um bocadinho e mais um bocadinho, a cabeça diz que estou a ganhar.

Não se pode chamar a esta uma relação à distância. É um rio que nos separa, não é uma muralha da China. E temos os dois carro, alguma independência e liberdade para organizarmos o nosso tempo. Tudo isto a cabeça sabe. Mas o coração sente a fragilidade de uma coisa tão recém-nascida. Sente que tem a bateria gasta, que está a ficar insensível.

Ontem ele disse "adoro-te" e eu respondi "pronto, tá bem". Juro. Por estas mesmas palavras. Foi instinto, é o que eu sinto, que são só palavras, que vai acabar...que está acabar. A questão é essa, é que agora já não é o sermão do costume: «Lá estás tu, Cisne, a meter a carroça à frente dos bois e a ser péssimista, pára de pensar tanto, vive a vida». Não, agora está a acontecer. Sinto que ele está a sair lenta e dolorosamente da minha vida... E pode ser só impressão, pode ser só uma fase de adaptação. Pode. Mas eu não estou aqui para ser 100% racional e educada. Este blog sou eu, é tudo o que eu sinto.

Encarem este texto como um desabafo de alguém que conheceu uma pessoa que olha para mim e me vê, que me contempla. Que me fala com os olhos e que é por isso que estou convencida que reina um silêncio nada incómodo quando estamos juntos. Que tem um sorriso maravilhoso que destroí qualquer argumento meu...

Isto é só um debafo de alguém que sente estar a perder uma pessoa que a faz feliz.


Cisne.

Comentários

Anónimo disse…
O teu coração é burro. Ponto. É apressado, stressado, impaciente e burro. Manda-o ler o teu post de ontem e sossega, antes que tenhas um fanico (de cansaço, porque viver assim é esgotante) e antes que ele pense que namora com uma melga-pegajosa-sem-outros-interesses-na-vida-a-atirar-para-a-psicose!:)

E outra coisa muito importante: escuta! Ouve o que te dizem e pára de pensar/adivinhar/calcular/presumir/antecipar. Ouve. É simples.
Beijocas da tua tua tia estimada (a quem provavelmente vais deixar de falar durante uns minutos)

Mensagens populares deste blogue

Demasiado

Brand New