31 de março de 2011

Not getting any better...



Passei só para dizer que estou um caco e que tudo continua a correr mal... Nada funciona, não sei como é que tudo pode estar a funcionar mal ao mesmo tempo. Fora de melodramas, amanhã vou recuperar o meu ânimo pois vou para Lisboa a seguir ao almoço, quando sair das aulas. Vou deslumbrar-me com as vistas de Belém e vou pensar muito nos dois anos maravilhosos ao lado do meu namorado. Amanhã vou fazer um esforço para esquecer esta semana horrível que parece nunca mais ter fim e dedicar atenção a uma das pessoas que mais me ama e a quem eu mais amo.

Amanhã é para nós os dois, preguiça. Vamos aproveitá-lo o melhor que conseguirmos, está bem? Stressar não vai resolver nada, de qualquer modo. É preciso é calma; eu só não sei é onde encontrá-la.


Bom, vou andando. Quando conseguir, conto-vos o quão caótica esta semana foi.




Cisne.

30 de março de 2011

A semana já devia ter acabado



Venho aqui só para dizer que o meu dia foi uma treta e que quero que esta semana acabe depressa - bem depressa. Quero que não me doa o corpo todo porque preciso de trabalhar e queria que não pensassem mal de mim. Não que me importe com o que pensam mas... não sei por que é que passo uma imagem errada...

Digo várias vezes que adoro observar tudo à minha volta... Hoje não consigo identificar o que observei pois não vi - estava só a olhar. Isso deixa-me de rastos...

Isto hoje não está mesmo a correr bem mas agora tenho que ir... Tenho uma excelente notícia mas agora sinto-me demasiado cansada e tristinha para partilhar. Amanhã já devo conseguir dá-la com o entusiasmo do costume ;)

Quem me dera que tudo o que eu planeasse saísse como deve ser...


Beijos,
Cisne.

26 de março de 2011

Voca People



Ontem fui ver os Voca People ao Casino de Lisboa, depois de MUITO o meu namorado insistir. Isto porque, apesar de eu realmente acreditar que seria um espectáculo giríssimo (que é) não valia 31€ (que não vale).

Mas eu também sou um bocadinho agarrada ao dinheiro... Mas pronto, recomendo vivamente, é rir do princípio ao fim, eles têm muuuita energia, e é passar o espectáculo todo a dizer «bem, espectacular!!» e «tu ouviste aquilo??» lol

Também fiz ficha de matemática ontem. Correu-me assustadoramente bem. Eu arrisco-me a dizer que é desta que saio finalmente do 13 mas...temo estar a ser demasiado optimista e depois a queda será enorme. Mas pronto! Não vamos pensar nisso, boa? Boa...

Entretanto, hoje não tive aula de ballet mas não me safei de me levantar cedo porque tive que ir vender bolos pelo grupo de jovens para angariar dinheiro para a viagem a Madrid. Em todo o caso ao meio-dia já estava despachada então almocei cedo; fui fazer a limpeza ao meu quarto (que bem precisava!!) e o sótão e a casa-de-banho ficaram pelo caminho. Talvez amanhã... :P

E nisto vou comer qualquer coisa e vou estudar que tenho dois testes esta semana e um portefólio para entregar (e está fora de questão faltar ao ballet).


Cisne.

P.S.- Já agora, adoro isto:

És um Cisne Branco ou Negro?



Falo de um teste lançado para publicitar o filme "Black Swan".

Vão aqui e descubram quem são x) Uma brincadeirinha para descontrair, bailarinas(os) :)

Eu sou cisne negro...


Cisne.

24 de março de 2011

Isto é Vida!

Olá!

Hoje fui passear para Lisboa e tão bem que me soube. Mas antes de descrever o meu dia, vou-vos dizer o quanto adoro Lisboa.

Lisboa tem trânsito, Lisboa tem malucos, Lisboa é só gente esquisita misturada com gente normal e gente assim-assim, Lisboa é só confusão, Lisboa é barulho, Lisboa é sem-abrigos, Lisboa é muito movimento.

Mas...

...Lisboa tem Vida! Lisboa tem todo o tipo de coisas más boas e assim-assim. Odores, jardins, lojas, poluição, casas e centros comerciais...mas eu adoro-a. Não sei se a adoro porque me remete a independência, liberdade e vida ou se porque não vivo lá e se vivesse não acharia nada disto. Facto: sempre que vou lá, deslumbro-me; e tenho pena de voltar...

Não me entendam mal: adoro a minha terra. Vivo numa vila muito pequena e cresci na aldeia e adoro a pacificidade e ingenuidade do sítio onde vivi e cresci. Mas...a cidade é algo mais, é algo excitante.

Já disse aqui mais que uma vez que adoro observar. Observar tudo o que me rodeia em geral: as pessoas, os lugares, os movimentos, as reacções...tudo. Gosto de compreender e apreciar o que vejo. Lisboa é o sítio certo para o fazer. É como dar uma variedade enorme de doces a uma criança e dizer-lhe que pode comer todos mas tem de escolher a ordem porque não pode comer todos de uma vez! É um suplício! Há simplesmente tanta coisa boa...

Adoro Lisboa e espero nunca perder este fascínio pelo movimento e vivacidade desta cidade que considero lindíssima.


Ora muito bem, agora sim: fui comprar as coisinhas para o meu exame no Ballet, Etc. e fui comprar a prenda de aniversário de 2 anos de namoro do sr. meu "esposo" e a dos anos dele. Tudo isto com a excelente companhia da minha irmã que nem fez o raio-x que tinha marcado e ficou em jejum por 19h, por minha causa - é uma querida :):) Foi uma excelente tarde, cansativa, é certo, mas diverti-me imenso.

Comecei por me encontrar com ela na loja de ballet eram aí uma 15h talvez. E foi aí que me apaixonei perdidamente pelas gaynor 3 e 1/2 B LINDAS DE MORRER

, com a alma partida, molinhas que só elas. ó paaahh.... Só faltou fazer beicinho... Mas 120€ por umas pontas is waaaay too much than what I can afford. Portanto, prosseguindo!

Comprei as clássicas Bloch Serenade, com a particularidade de que afinal já não sou um 3 e 1/2 B mas sim um 4 C. Mas tem tudo a ver com as protecções.......espero.

Bom, posto isto, fui comprar a prenda para o meu namorado que não posso dizer o que é não vá ele lembrar-se de ir contra as suas próprias convicções (como tantas vezes lhe peço) e vir cá ler o meu modesto blog. Nisto fiz umas paragenzitas pela Acessorize, Stradivarius e Pull and Bear e deliciei-me com estes docinhos...

 
E falta a minha preferida que não consegui encontrar no site :( sniff sniff
Eu nestas coisas sou mesmo gaja - . -' Funf

E pronto, voltei sã e salva, apesar da greve de comboios :P

Cisne.

20 de março de 2011

Já passou...


Yesterday, everything went on a total disaster. I had a rough morning, of which I still can't talk about to anyone. I had a crazy day, I couldn't talk to you. I kept trying and trying but I just didn't had the time. At night, when I finally was able to, we argue for an hour and make up for one half of an hour. I didn't miss it at all you know?

I believe we are awsome together. We don't argue to much, we basicly have the same ideals and ways of thinking, but whenever we do, the subject seems to be always the same: our families. We are so diferent in that.

You don't know my reality and I don't know yours. I will know yours one day but I deeply hope you will never got to know mine.

It's not easy, and you know it, don't you? I know you do. And I can see you can't understand many things in my family relationships and the way we all face them. But I can also see that you try to. I really can. That's why we argue.

Last night I gave in (cedi) in a huge discussion. The last time we had one it was you, remember? You asked me to tell you something and I wouldn't and you gave in your pride for me, for us. It was a long time ago but I remember it perfectly. I thought that after that argue we would break up. You weren't willing to give in and neither was I - I got so scared of loosing you that day... But in the end you did and everything went alright. Last night was my turn and I understand it very well.

I still can't understand very well what you're asking me but it's not important. I'll gave this in for you this time and I will be just fine.

I'm sorry that latly our days are so crazy but it's a stressful time. You are having rough days, I'm having them too and my hiper sensibility is not helping... I told you last night we would have to be patient. In a minute we will be in Summer, enjoying our sweet, sweet vacations in peace... how does that sound? :) Until then, we have to hold on firmly as we have done till now. No giving up! But don't worry, we will have some treats in the middle (like our 2nd anniversary in April).

I'm as happy as you can imagine. I love our life. Best days will come - argues are needed too in a realationship; they make us stronger, okay?

Love you...

Yours,
Otter.

18 de março de 2011

Um dia lindo e eu enfiada em casa

Não, esta não sou eu. Mas bem que podia ser, a avaliar pelo lencinho...


Bem, tenho andado ausente. Ausente por estar doente... Uma constipaçãozita. Que me proibiu de ir ontem ao ballet e de mexer em qualquer coisa mais para além de matemática mas que amanhã só me agarra em Santarém e é se for! Amanhã vou ao ballet e acabou-se! Ai...

Bom, tenho a cabeça a explodir. O dia hoje foi loooongo. Com a constipação só me dá para dormir e logo no dia em que se está a fazer obras cá em casa. Ah pois é. Tudo o que é marteladas e barulhos estava aqui pertinho a fazer-me sofrer. Graças ao anjo do meu namorado, fui raptada para longe e lá consegui descansar a cabeça. Até parece que ele não tinha mais nada que fazer ou com que se preocupar mas veio e é por isso que ele é tão formidável =)

Fora isso, eis o programa das festas:

  • Faltar hoje ao aula de pilates;
  • Ir ao ballet de manhã;
  • Desejar um feliz dia do pai ao meu pai (e rezar para que ele não me ache uma má filha por não lhe ter comprado nenhuma lembrança =( )
  • Ir à tarde para casa da minha mãe;
  • Ver como estou de saúde e consoante isso ajudar a arrumar a casa, vegetar na cama ou estudar;
  • Possivelmente sair à noite com os meus irmãos e «esposo»;
  • Domingo o mesmo
  • Segunda regressa tudo de novo - naaaaaaaaaaaao! - . -'
Entretanto, já tenho ficha de matemática marcada para 4ªf e duas apresentações orais que não pude fazer esta semana, dado o meu bonito estado de saúde. Excelente!

Bem, agora que já tagarelei a minha vida toda vou-me meter a andar porque isto de estar é muito engraçado e tal mas olhar para o pc faz-me dores de cabeça.

A propósito, já vi o Inseption! E-x-c-e-l-e-n-t-e!

Cisne.

P.S.- Apetece-me taaaaanto comer isto:

15 de março de 2011

Aula de ballet

Tive aula de ballet à umas horas atrás. Estou exausta.

Já não fazia Advanced à quatro aulas e isso tirou-me logo do ritmo. Estas últimas duas semanas sofreram demasiadas paragens e demasiado 7º grau - já não posso com as músicas de 7º grau.

Entretanto, lembram-se disto? Pois é, acabou-se a história. Hoje as minhas queridas pontas ouviram o veredicto final: tenho de comprar umas novas; as que uso não se aguentam até ao meu exame em Maio. Lá se vão mais de 60€ - . -' Por enquanto ainda se vão aguentando mas já estão mesmo mesmo na recta final. Nada tem a ver com humidade ou falta de cuidado mas simplesmente já estão com muitas horas de trabalho; não tarda partem e posso magoar-me. Estou a planear talvez desta 6f a oito dias ir comprá-las.

Estou cheia de medo. Medo de não as conseguir trabalhar até lá, medo de não me sentir segura nos primeiros tempos, medo medo medo medo. Se era para quebrarem já podiam ter tratado disso, não era???



Bom, mas há um ponto positivo no meio disto tudo: trabalho. Não se aguentaram porque as horas de trabalho são muitas e intensas, quebram porque têm de quebrar, foram feitas para serem moldadas ao nosso pé, já moldadas durarem semanas ou meses dependendo do bailarino em questão e do seu horários de trabalho. Isto faz-me sentir que estou a evoluir. Vou pensar nisto e em mais nada.

Bom, mais nada quer dizer... É que já quase no final da aula, o meu professor ainda me espeta com uma pérolazinha: "Estás aqui a ganhar um pneuzito" e tocou-me com o dedo na barriga. Eu olhei para ele completamente exausta e pensei «tu não estás, depois de 1 mês e meio sem comer quaisquer tipo de doces, recusando tudo quanto é doces, ouvindo a minha mãe reclamar a cada 5 minutos para eu comer mais um bocadinho e a controlar-me as refeições não vá eu ficar anoréctica (e é com 50kg - . -), ouvindo o meu namorado dar-me na cabeça quando me faltava a força para resistir, fazendo exercício físico todos os dias, a dizer-me que eu estou gorda!!!!». Caraças do homem, pah!! 'Tá bem, eu sei!! E depois?! Hein?! Estou a fazer o que posso! Não me enervem que estou à um mês e meio inibida de açúcar!! "Sou um burro stressado!!"


Cisne.

P.S. Não têm noção de quão bem me correu o teste de psicologia!! À noite revi umas coisas e foi essencial para de manhã saber tudo. Escrevi e escrevi e fiquei contente com os meus raciocínios. Agora é esperar por resultados.

P.P.S. Teste de matemática: 12,3. Pode não parecer nada de especial, mas fico feliz a partir do momento em que o crânio da turma teve ONZE. :P


P.P.P.S Como referi estou cansada; vou mas é dormir em vez de estar para aqui agarrada ao PC a fazer P.S.'s - . -'

14 de março de 2011

Um amigo diferente


Estou triste porque não compreendo as prioridades da minha vida. Triste porque não sei se hei-de lixar-me para o teste de psicologia amanhã porque simplesmente perdi o meu livro e andei o fim-de-semana a resumos da Internet, ou continuar a bater com a cabeça nas paredes porque preciso da média.

Sinto falta da tua boa disposição, L. Falas como se tudo fosse preto no branco e como se esta questão para ti fosse canja! «Se estou infeliz, se tenho coisas que me dão mais prazer fazer, então faço!». Essa tua simplicidade... Quer estejas certo ou errado, hei-de lembrar-me sempre de ver esse teu lado das coisas.

Se fosses tu, L., agora no meu lugar, irias ver televisão ou sair com os teus amigos, ias beber um copo ou um café, deitar-te-ias na cama tranquilamente a ouvir música ou terias combinado um partidinha de futebol. Essa tua simplicidade... É o que me apetece fazer agora, sabes? Apetece-me mesmo juntar-me a ti. Jogar futebol como fazíamos, deitar-me a teu lado a ouvir música, beber um copo não que não bebo, mas aceitaria o café. Eu, L., adoraria ver televisão! Até porque, o que quer que se esteja a passar no Japão ou na Líbia, parece passar-me ao lado - não tenho tempo para dirigir algum do meu pensamento para aí.

L., espero que por mais diferentes e distantes que os nossos caminhos se tornem, possa sempre chamar-te de meu amigo e dar-te um grande abraço depois de muito tempo sem te ver, como faço sempre. Eu sei que somos pessoas diferentes, com maneiras de pensar diferentes, com maneiras de agir diferentes (basicamente somos opostos em tudo) mas apesar de tudo isto, gosto da tua companhia e da maneira como me fazes rir com as tuas parvoíces. E gosto de te ouvir dizer que «eu estou na mesma...!» e que, por isso, estás feliz. Eu pareço querer sempre mais e nunca estar feliz...

O teu caminho para a independência é o que tens de mais precioso, L., e eu sei disso; não penses que não sei. E eu respeito-o; apesar de achar que a maneira como levas a vida é demasiado leviana, independentemente de todas as metas a que te impões para chegar à tal independência.

E tenho medo por ti. Da última vez que nos encontrámos, falaste-me numa tentativa falhada de tom de desatento, sobre a tua ex-namorada que te deixou mal. Disseste-me, ainda, que nunca mais querias ninguém a sério, que desta vez tinhas gostado mesmo a sério e que ela não te podia ter deixado pior. Como me deixaste triste... Vi, pela primeira vez, tristeza nos teus olhos. Acho que nunca te tinha visto triste, apeteceu-me cortar a rapariga aos bocadinhos. Tenho medo que não voltes a amar, quando tens tanto para dar... Por favor, não caias nesse abismo que não tem fim.

E tenho medo por nós. Tenho medo que, demasiado diferentes, não saibamos no futuro continuar a privilegiar a companhia um do outro. Mas, quanto a isso, nada posso dizer, pois não? Do futuro ninguém pode afirmar, só prever; e de previsões que se sabe ou corrige?

O tempo o dirá. Até lá...não te esqueças de mim, está bem? É que és tu que me dás ânimo nestas tardes/noites ínfimas de estudo e cansaço em que não sei se desista, se continue.

E porque estou triste...


Cisne.

13 de março de 2011

Naaaaaaao!

 
Amanhã já é segunda-feira :(((( ó pah....Eu estava tão bem sossegadinha em casa...


Ai, que eu não me aguento!


On the go:
  • Fazer trabalhos de psic para amanhã
  • Estudar para teste de psic de terça-feira
  • Fazer as carradas de trabalhos de matemática do costume
  • Preparar apresentação oral de português (um livro)
  • Acabar de ler esse livro
  • Preparar apresentação oral de inglês (sobre Estaline yeih)
  • Rezar muito muito muito para que não dê na cabeça da minha prof de matemática fazer ficha surpresa esta semana, como anda a prometer à séculos - . -'
 Aiii, que medo...

Já comprei os bilhetes para os Voca People. Dia 25 estarei, portanto, no Casino de Lisboa com o meu «esposo» a ver isto:



'Jinhos à prima,
Cisne.

11 de março de 2011

O dia de hoje



Ora cá estou eu de volta!

O dia de hoje foi...estranho. Ainda estou meia atordoada, não sei bem como e o que aconteceu pois aconteceu tudo tão rápido...lol. Vou começar do início...



Saí das aulas, almocei e apanhei logo autocarro para VF para apanhar comboio para Sta. Apolónia - molha! (nada previsto) -, como previsto. De Sta Apolónia fui de metro até Baixa-Chiado e depois, meus amigos, vais a penantes à chuva e é se queres - MOLHA! Já com pés encharcados (sim, porque lá fui eu feita estúpida de sabrinas num dia de chuva - . -'), faltava o resto do corpo e S. Pedro achou por bem então despejar o pacote completo de chuva. pfff

Pronto, cheguei ao pé da minha irmã encharcada (o meu namorado foi um pouco mais esperto do que eu e levou carapuço - Damn it!). Na secretaria informaram-me acerca dos pré-requisitos, tal como queria saber, e deram-me uma óptima notícia (Not!): Vou ter de realizar as seguintes provas práticas: Prova de ballet clássico (ok, tudo bem), prova de improvisação (ok, também já tinha lido qualquer coisa a respeito, sim...), prova de ballet contemporâneo (WTH??????) e, por fim, prova coreográfica (WTF????? #$%%&%$#6/&5$3)

Depois de me passar discretamente (espero que a sra da secretaria não o tenha percebido no meu riso nervoso...), perguntei-lhe se podia dar uma vista de olhos à escola, aos estúdios e assim e não fiquei com má impressão... Tudo linólio, são estúdios normais, não muito grandes, não muito pequenos, o edifício em si era antigo mas tinha a sua graça; pequeno mas...fiquei com boa impressão.

Depois foi contar à minha irmã e ao meu respectivo o que me tinham dito, despedir-me da minha irmã, agradecer-lhe a companhia e zarpar de novo a correr até aos armazéns do Chiado. Como o tempo passou assim a voar, decidimos lanchar antes em Sta Apolónia. Toca de correr mais um bocadinho (não têm ideia do que chovia...) e lá chegamos ao metro e depois à estação. Chegámos e........................ Comboios SUPRIMIDOS - greve! Que bommm... Eu estava encharcada dos pés à cabeça, tinha corrido aquilo tudo para n-a-d-a. Escusado será dizer que quando finalmente consegui um comboio, veio o pica, disse-me que o meu bilhete (de sub-urbano) não dava para o comboio regional (onde eu estava). Eu fico perplexa enquanto o meu namorado começa a reclamar. Pois claro! Porque se todos os comboios sub-urbanos estavam suprimidos nas próximas horas, como é que eu ia para casa??? Dormia lá até passar a greve?! - . -'

Pronto, lá saímos no Oriente, lá apanhamos um comboio sub-urbano, que para além de apinhado de gente parou em todas as estações e apiadeiros. Lá chegámos miraculosamente até ao carro, lá fui a correr até casa buscar o fato de treino e lá fui a correr para a aula de pillates. E aí pronto, já se sabe: SECAAAA - a destacar de todo o dia, que até me fez nervos.

Agora, finalmente, olhando para trás:


Fico contente por não ter de entregar, para já, os pré-requisitos. Quero pensar se é mesmo isto que quero se estou disposta a enfrentar a possibilidade de não ser aceite. É que ser rejeitada como pessoa, como amiga, é uma questão de hábito, eu acabo por já espera-lo e já nem estou na expectativa de ser aceite. Mas ser rejeitada como bailarina...é admitir que me achava boa o suficiente para concorrer, para achar que tenho futuro neste mundo e me ser dito que não. Que estou redondamente enganada, que não tenho lugar, que não pertenço à dança, mas ela a mim.




Tenho de pensar. Pensar sobre primeiras opções, segundas opções... Não sou de ideias fixas mas sou de objectivos determinados. Ou seja, embora qualquer pessoa me possa convencer de que o que eu estou a pensar não é o mais correcto, quase nada me demove quando meto na cabeça que vou fazer alguma coisa. E luto para lá chegar, faço o melhor que posso e dou o máximo de mim.

E por hoje já me alonguei. Foi mesmo um dia de loucos, malta. Nunca me importei de andar à chuva mas se eu vos disser como estão os meus sapatos, vocês não acreditam. Portanto......... Vou-vos mostrar!:



Um bom fim-de-semana =),
Cisne.

10 de março de 2011

Amanhã...

...big day. E num instantinho se fez fim-de-semana. - Tão booom. :)

Mas bom, estava a dizer que amanhã vai ser um grande dia. Ou dia grande, talvez. Basicamente vou enfrentar de frente, aceitar o que tem de ser aceite, decidir o que tem de começar a ser decidido: vou à Escola Superior de Dança. Quero conhecer a faculdade, quero saber acerca dos pré-requisitos necessários e tudo mais. Se, de caminho, tiver tempo, passo pelo ISCTE, onde estou (por outro lado) a pensar fazer Gestão de Recursos Humanos.

Vou acompanhada do meu namorado desde VF até Lisboa e aí encontramo-nos com a minha irmã, já que acho impossível conseguir fazer isto sem ela. Ela sempre me apoiou imenso na dança como futuro e sempre viu talento em mim nas piores fases - olho de mana mais velha :P . Tal como a minha mãe, mas também não vamos exagerar que eu só vou conhecer a faculdade, não vou de visita de estudo, não e?! Pois... lol. Mas pronto, só espero que corra tudo bem e que fique com todas as dúvidas esclarecidas, tal como espero ter tempo para passar no ISCTE.

Sim!, porque já nem à 6f posso estar descansada! - Aula de pillates às 19h!! Krrrr - . -' E como estou de transportes públicos, todos os segundinhos contam.

Por favor, desejam-me sorte? Não quero ficar desanimada e vou na melhor companhia; se não der para me entusiasmar ainda mais, ao menos que consiga aproveitar a excelente companhia.

Às vezes sinto saudades da minha irmã... Mas acho que só me apercebo realmente disso quando, ao fim de uma semana ou duas de distância, nos voltamos a encontrar. A cumplicidade que partilhamos vai ainda muito além da distância. E recupera-mo-la em cada reencontro. Que isso nunca acabe...




Cisne.

P.S.- Já agora, apetece-me isto:

...e isto...



..e isto (que estou gelada e sabe tããão beeemm):
Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

9 de março de 2011

7 de março de 2011

Queridas Pontas,

Por favor, por favor, por favor, façam a gentileza de se aguentarem até ao exame. Eu prometo não deixar que a humidade dê cabo de vocês, que vos uso todos os dias, pelo menos 5minutos à noite, que vos deixo sempre arrumadas e que vos meto fita adesiva de duas em duas aulas para que não fiquem sujas (e olhem que isso significa gastar 2,35€ por mês!!).

Mas, por favor, não partam!! Eu sei que estão cansadas, e que aguentar com 50 quilinhos não é tarefa para meninas mas é por isso que vocês são de gesso! São fortes e resistentes. Por favor, por favor, aguentem-se pelo menos até ao dia do exame e depois podem partir à vontade! Sei que estão fartas mas eu preciso de trabalhar e não tenho tempo para moldar umas pontas novas ao meu pé até Maio.

Vá lá, eu sou uma querida... Sei que já me aguentam à um ano, 4 espectáculos e 1 exame, mas toda a gente sabe que números ímpares não dão com nada portanto façam lá mais um exame para a despedida, sim?


Adoro-vos de coração e sei que se vão lembrar de mim na altura do cansaço,
Cisne.

P.S.- Eu até vos dei protecções de Silicone este ano!!

Férias...

...mas com chuva. pfff

Contudo, a chuva, quando estou sossegadinha em casa, aconchegada no quente do lar, traz-me sempre boas recordações...

6 de março de 2011

I want you to know

I feel so DoWn right now. But today I realized something - and I want you to know:
 Vou dormir e amanhã será um dia melhor.

Cisne.

3 de março de 2011

Vamu lá Raul!


 Dormi 2 horas e meia esta noite. Estou exausta... É bom que seja o raio de um bom relatório e um raio de um bom teste de matemática senããããoooooo EU VOU-ME A ELES! -.-'

Mas ainda não acabou a corrida portanto... Aqui vou eu atirar-me ao estudo!


Cisne.

P.S.- Escusado será dizer que hoje não há ballet para ninguém :((

- . -'


Aiiiiiiiiiiiiiiii tanto trabalhooooooooooooooo

Que sexta-feira passe depressa POR FAVOR que já não me aguento nas canetas!!

Cisne.

"Acho que isto não vai resultar"

Este é o pensamento que me ocorre todos os dias, acerca do mesmo assunto, por variadas razões. Ou é pela minha irmã, ou pelo meu pai, ou...